Seguidores

27 de jun de 2011

O QUE É ADORAÇÃO?

16:29
Estou certo que todos os que estão lendo esse texto já ouviram um milhão de definições diferentes de adoração. Porém, creio que é sempre bom colocar um novo foco em nossa forma de pensar para nos mantermos afiados. Já que estamos no início de um novo ano, talvez seja uma boa hora de reconsiderarmos o que a adoração é para nós.
No passado, meu conceito sobre adoração era totalmente centralizado em música. Adoração, para mim, era sempre a música antes da pregação ou as músicas lentas depois do "louvor". Pensava que adoração era um tempo de cantar, tocar instrumentos e erguer minhas mãos ao Senhor. Esse tempo gasto em Sua presença era grandioso. Não posso negar que Ele realmente habitasse nesses louvores. Porém, quando a música terminava e o período de adoração acabava, era hora de ofertar, ouvir a palavra e viver o resto da semana. Para a maioria de nós, a adoração tem esse espaço em nossas vidas. Se foi devido à nossas agendas cheias, hábitos formados ou falta de ensino apropriado que isso aconteceu eu não sei, mas a adoração foi compartimentada e definida como algo que não corresponde a realidade. Adoração não é apenas uma canção. Não é somente dança. Não é apenas uma preparação para a pregação. Não é um mandamento. Adoração é uma resposta. O dicionário online webster oferece três grandes definições de adoração:
  1. o ato de adorar, especialmente reverentemente;
  2. considerar com grande temor e devoção;
  3. sentir um amor profundamente dedicado.
A adoração é uma resposta ao amor. Se amamos alguém, isso afeta nossos pensamentos, nossas ações, e nossos corações. Atos de adoração são uma resposta a esses efeitos. Se nós realmente adoramos reverentemente ao Senhor, isso afeta muito mais que cantarmos ou a forma com que cantamos. Esse amor enche nossa vida até ao ponto que em que tudo se torna uma expressão desse amor. Podemos adorar ao Senhor com músicas, em dança, ao ofertar, em como nos conduzimos nos nossos empregos, em como tratamos outras pessoas, e em como vivemos nossas vidas. Romanos 12:1 ensina-nos que oferecer nossos corpos como sacrifícios vivos, santos e agradáveis a Deus é nosso ato espiritual de adoração. Nossa vida inteira deve ser um ato de adoração que renda louvor a Ele. E como a Palavra promete, Deus habita em meio aos louvores de Seu povo. Eu estou preparado para Deus habitar continuamente em minha vida.
                                                                                                                Por: Walter Cruz

24 de jun de 2011

CHEGANDO O DIA DA PRIMEIRA APRESENTAÇÃO

21:57

Boa noite, o grupo está se preparando para a primeira apresentação que será no dia 03 de Julho em comemoração do aniversário da igreja 3 anos de lutas e vitórias em nome de Jesus. Hoje às 18:30 teve ensaio das duas músicas Eu Vou da Fernanda Brum e Grande Coisas do Fernandinho e já estão ensaindo a terceira Nuvem de Gloria também da Fernanda Brum é um remix e logo após eu fiz uma pequena palestra sobre a  Adoração que agrada a Deus. Temos um  grito de guerra em que unimos as nossas mãos e falamos juntos."Posso todas as coisas naquele que me fortalece e "Se Deus é por nós quem será contra nós". A palavra de Deus é poderosa! Tem mais fotos que postei.

16 de jun de 2011

Conceitos sobre Coreografia Gospel

10:57

DEFINIÇÃO (gospel)

É um conjunto de gestos corporais que visam expressar o sentido da música (e não só), de forma que mesmo sem cantar ou falar, as pessoas consigam compreender o que se está exprimindo.
OBJETIVOS
Dinamizar a música
Aumentar a expressão musical
Complementar a música
Motivação pessoal
Louvor e Adoração
Ganhar pessoas ligadas a esta área e não só

JÚBILO E CELEBRAÇÃO

Júbilo: Alegria excessiva, contentamento expansivo. Alegria expressa com sorrisos, gritos e gestos.

Celebração: Cantar acompanhado de mais variadas formas de expressão, batendo palmas, gesticulando, pulando e dançando.
Obs.: O povo de Deus no Antigo Testamento dançava em suas festas com atitude pura diante do Senhor.


REGRAS BÁSICAS

Decência (tanto no vestuário como na própria dança, na expressão, etc.)
Coordenação (de passos, gestos, expressão, etc.)
Indumentária adequada ao estilo e ritmo da música
Espontaneidade e criatividade
Concentração
Autenticidade
Expressão corporal e facial
Sensibilidade corporal e facial

"Decência"
É importante que haja decência na coreografia, tanto no vestir como na própria arte. Existem estilos que definitivamente não devem ser apresentados na igreja e em nenhum outro lugar se se tratar de cristãos, por serem formas de provocação carnal, e de proveniência maligna, ou ainda inspiração demoníaca.
A decência é importante pelo facto de que o corpo do respectivo coreógrafo é templo do Espírito Santo, outro motivo é a própria natureza de alguns gestos que levam o coreógrafo a deitar-se no chão, ajoelhar, levantar pés e mãos, saltar e outros formas de expressão corporal que devem ser prevenidas com um traje decente.

"Coordenação"
A coordenação de gestos, passos, expressão é uma das mais importantes advertências para coreografia com excepção de coreografias livres em que cada coreógrafo do grupo se dedica a fazer o que lhe apraz dentro dos limites de estilo determinado.
Basta um único componente gesticular diferente, dar passos diferentes, expressar diferente para tirar a coordenação e sincronia da coreografia. Há o caso particular de coreografias em que cada membro tem sua parte específica, fazendo deste jeito diferente dos demais; é importante não confundir.


"Espontaneidade e criatividade"

Espontaneidade e criatividade: A coreografia não se resume simplesmente naquilo que se aprende, o coreógrafo deve ser criativo e espontâneo, deve ser capaz de em qualquer coisa que ouvir, e der para coreografar, assim o fazer. Precisa deixar o seu corpo ser levado pela força da expressão e pelo prazer da alma.

"Concentração"
A concentração é outro factor de extrema importância, não obstante eu deixar-me levar pela música, preciso de muita concentração. Dance com a alma e com a consciência.

"Autenticidade"
O coreógrafo deve ser autêntico. Significa que deve haver realidade e verdade naquilo que faz, ainda que o esquema não seja de sua autoria, precisa demonstrar autenticidade.



"Sensibilidade"
Sensibilidade é o que não pode faltar numa coreografia. O coreógrafo deve ser sensível á música, ás palavras, aos próprios movimentos do corpo.

"Expressão corporal e facial"
A expressão corporal e facial é o que faz a coreografia. O coreógrafo deve ser capaz de impressionar aquele que vê, fazer chorar, rir, trazer emoção ao local, consoante ao estilo de música e tipo de coreografia. Cada palavra possui a sua expressão característica, tanto facial como corporal, deve haver estilo se necessário, agressividade (no bom sentido) se necessário, suavidade se necessário, chorar se necessário, rir se necessário, desfalecer se necessário, etc, etc.
                                                                                                                         por Melygospel

8 de jun de 2011

03 DE JULHO DIA DA NOSSA INAUGURAÇÃO



22:21

Olá, tudo bem com vc? Espero que sim! Agradeço a sua visitinha viu? Volte sempre. Está demorando né? O que? a apresentação do grupo (risos). Estamos ensaindo, ensaiando, agora com uma novidade uma das componentes mal entrou já saiu é a Laura de 14 anos, ela morava no Mato Grosso com o seu pai, ela não tem mãe já é falecida, pois bem o pai dela ficou doente e ela estava morando aqui em Sapiranga com a sua prima Eduarda que faz parte do grupo, só que era vai voltar para o Mato Grosso morar novamente com o pai e por isso ela não está mais ensaiando, a qualquer momento ela estará partindo. Ficamos triste com isto, dela ficar longe de nós, mais... É o pai, sua família, vamos sentir sua falta.Ah, já comprei o tecido da roupa e amanhã dia 09 (quinta-feira) irei colocar na costureira e já marcamos a data da apresentação, isto é a inauguração dia 03 de Julho o dia em que nós estaremos comemorando o terceiro ano de nossa igreja, se tudo der certo, vai ser uma grande festa! Ore por nós.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...